Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Deputados repercutem sucesso do mutirão de vacinação e parabenizam cooperação entre SES-AM e Semsa

      A forte adesão da população à aplicação da vacina, que rendeu mais de 141 mil doses de imunizantes aplicados, realizada no final de semana, foi protagonista dos discursos dos parlamentares, nesta terça-feira (15) na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Abdala Fraxe (Podemos) foi o primeiro deputado a parabenizar o trabalho dos servidores da saúde, especialmente os das Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Os trabalhadores das UBS atuam nos bairros, perto de quem realmente não tem condições de procurar os grandes postos de vacinação. As UBS foram as responsáveis pela imunização de 78 mil pessoas das 141 mil pessoas vacinadas. Este é o exemplo de que quando existe trabalho e organização, por mais difícil que as coisas pareçam ser, elas podem ser realizadas”, definiu Fraxe. O deputado João Luiz (Republicanos) repercutiu a vacinação em massa, falando da expectativa que outros mutirões ocorram, alcançando as pessoas na faixa dos 30 anos, por exemplo. Já o deputado Carlinhos Bessa (PV) falou sobre a capacidade do interior do Amazonas também promover mutirões de vacinação. “As prefeituras do interior têm, sim, vacina e capacidade de realizar uma vacinação em massa como foi realizado aqui em Manaus e falo isso porque o município de Manicoré (a 331 km de Manaus) está em primeiro lugar no ranking de vacinação do interior do nosso Estado”, afirmou. Concordando com Bessa, o presidente da Aleam, deputado Roberto Cidade (PV), afirmou que os municípios possuem vacinas e não podem estocá-las. “Existem muitos relatos de imunizantes que não estão sendo aplicados na escala que deveriam no interior. O interior possui, sim, imunizantes que não podem ser estocados e uma população que merece ser protegida”, afirmou Cidade. Por sua vez, Serafim Corrêa (PSB) falou do bom exemplo que Manaus deu e que deve ser copiado por outras capitais. “Vivemos um bonito final de semana, dando um bonito exemplo ao Brasil com o mutirão de vacinação. Manaus extrapolou todos os objetivos, vacinando 141 mil pessoas, graças ao bom entendimento das equipes da Secretaria de Estado de Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde, que puderam vacinar 70 pessoas por minuto. Isso foi uma marca histórica que provoca uma competição do bem, porque despertou os governos de São Paulo e Rio de Janeiro para também realizar mutirões de vacinação. Estão todos de parabéns: a população, o governador, o prefeito, os secretários e principalmente o SUS, que mostrou ao Brasil a importância do bom funcionamento do nosso sistema único de saúde. Foi uma bela resposta aos negacionistas e aos defensores da cloroquina que não salvam ninguém, o que salva é a vacina!”, elogiou. Therezinha Ruiz (PSDB) parabenizou o trabalho conjunto do Governo e Prefeitura pela vacinação em tempo recorde. “Em mais de 30 horas de vacinação pudemos ver a expectativa da população que aguardava pela vacina e tivemos também um trabalho de equipe excelente entre as secretarias e gestores”, afirmou, citando estudos que comprovam a possibilidade de vacinação em crianças com mais de 12 anos de idade com o imunizante Pfizer, que no futuro pode proteger as crianças do Amazonas.   Assuntos persos   Além da vacinação recorde do fim de semana, outros temas foram tratados pelos parlamentares, como a interrupção do fornecimento de energia elétrica, abordado pelo deputado João Luiz (Republicanos), o depoimento do secretário estadual de Saúde na CPI da Saúde do Senado pelos deputados Wilker Barreto (Podemos) e Dermilson Chagas (Podemos), que falou sobre o cumprimento de agenda parlamentar em Brasília para tratar sobre os direitos dos pescadores.   Texto e
15/06/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia