Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Estudo revela precariedade de telefonia móvel no interior do Amazonas

  A péssima prestação dos serviços de telefonia móvel e de internet no interior do Amazonas foi o principal tema debatido na manhã desta quinta-feira (6), durante Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Quem levou o assunto à tribuna foi o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos), após analisar o relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), pulgado na última segunda-feira (3), que aponta o Estado com uma das piores coberturas de telefonia móvel no Brasil. Diante disso, Wilker apresentou um requerimento convidando a Anatel e as empresas de telefonia Vivo, Tim, Claro e Oi para apresentarem explicações à Casa Legislativa, em Plenário, sobre a carência da prestação dos serviços de telefonia e internet no interior do Amazonas. O documento foi aprovado. Outros cinco órgãos também foram convidados via requerimento pelo deputado: Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM), Associação dos Municípios do Amazonas (AAM), Ministério Público Estadual (MPE-AM), Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) e a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM). Para o parlamentar, a precariedade na qualidade do sinal do celular e da internet no Amazonas vem prejudicando decisivamente a economia e o desenvolvimento dos municípios, além de contribuir para o isolamento daqueles que moram nas cidades interioranas. No mapa de visão geral dos serviços de telefonia no Brasil pulgado pela Anatel, a região Norte, em especial o Amazonas, está com manchas vermelhas em praticamente todo o território, o que revela operadora com pelo menos um indicador crítico. “A questão da telefonia hoje tem que ser uma política de integração, de saúde e de política social. Esse mapa do relatório da Anatel é estarrecedor e isso impacta na economia e no desenvolvimento do nosso interior e na venda de produtos. Estou assombrado com a maldade que estão empregando os nossos irmãos do interior, nós precisamos fazer algo para tirar o interior do isolamento”, disse Wilker. A matéria, deferida, também recebeu subscrição dos parlamentares Adjuto Afonso (PDT), que presidia a Sessão, e Álvaro Campelo (PP).   Críticas às operadoras   Durante a sessão, Wilker ainda aproveitou para detalhar que sentiu na pele o problema da telefonia quando realizou algumas viagens para o interior do Estado e criticou as empresas de telefonia que oferecem os serviços, mas não cumprem as metas da Anatel, devolvendo aos usuários um produto de péssima qualidade. “Eu cheguei a muitos municípios, como Jutaí (distante 751 km de Manaus em linha reta), Fonte Boa (678 km) e Tonantins (865 km), e não tinha sequer sinal de celular. Se uma senhora passar mal, uma mãe não consegue ligar para o seu filho para pedir socorro. Isso é um absurdo e falta de respeito para com o povo humilde que paga a sua conta e compra seu crédito com muita dificuldade”, ponderou o líder da oposição na Aleam.     Gabinete do Deputado Wilker Barreto (Podemos) Texto: Assessoria do Deputado Nathalia Silveira (92) 98157-3351 Gabinete (92) 3183-4324      
06/05/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia